Ficha Técnica

#1 Ficha técnica: Gaviãozinho, o menor gavião brasileiro

Gaviãozinho (Gampsonyx swainsonii) o menor gavião brasileiro

O gaviãozinho (Gampsonyx swainsoni) é o menor gavião dos Neotrópicos. É tão pequeno que você provavelmente poderia, sem dificuldades segurá-lo com uma única mão. Habita campos abertos e com vegetação esparsa, cerrados, savanas e bordas de matas de quase todo o Brasil. Caça espreitando a presa a partir de um poleiro e a captura em um mergulho, predando sobretudo lagartos. Também come insetos e pequenas aves. Constrói ninhos de gravetos sobre arbustos ou árvores, onde a fêmea põe três ovos e os incuba durante 30-35 dias.

Gaviaozinho-Pearl-kite-Gampsonyx-swainsonii

Gaviãozinho (Gampsonyx swainsonii) Ilustração principal: Frederico Blanco – Demais ilustrações: Henrique Junior

Nome em inglês: Pearl Kite

Família: Accipitridae

Tamanho: 20-28 cm

Dimorfismo sexual: não

Alimentação: insetos, aves e répteis

Habitat: cerrados, savanas e bordas de matas

Vocalização:

Áudio por Ciro Albano disponível em (http://www.wikiaves.com.br/326509)

Referências bibliográficas:

  • Sick, H. (1997) Ornitologia brasileira. Rio de Janeiro: Ed. Nova Fronteira, 862p.
  • Bierregaard, R.O., Jr & Kirwan, G.M. (2018). Pearl Kite (Gampsonyx swainsonii). In: del Hoyo, J., Elliott, A., Sargatal, J., Christie, D.A. & de Juana, E. (eds.). Handbook of the Birds of the World Alive. Lynx Edicions, Barcelona. (retrieved from https://www.hbw.com/node/52965 on 23 January 2018)
  • ALBANO, C. (2009). [WA326509, Gampsonyx swainsonii Vigors, 1825]. Wiki Aves – A Enciclopédia das Aves do Brasil.  Disponível em: <http://www.wikiaves.com/326509> Acesso em: 23 Jan 2018.

Comentários

Comentários

Article written by:

Arquiteto e Urbanista, Ilustrador, e há 4 anos observador de aves. Também apaixonado por artes, juntou na ilustração ornitológica suas duas grandes paixões, o desenho e as aves. Além das periódicas saídas para observação de aves, utiliza também da internet como meio de troca de experiências e aprendizado sobre as aves, administra atualmente diversos grupos como o Faceaves, Identificação Ornitológica e Anjos Alados. Também é representante do COA Aves do Vale do Aço e membro da Ecoavis. Como ilustrador já participou de feiras e exposições em sua região e teve seu trabalho em destaque na revista Atualidades Ornitológicas 190.